Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

Pai nosso

Não émaravilhoso saber que estamos no lar a que pertencemos? Aqui, no lugar onde nosso espírito anelava repousar... no lugar onde nos sentimos salvos e seguros. Posso dar uma sugestão para a sua vida na Grande Casa de Deus? A cada dia, ao acordar em sua presença, lembre-se da planta da construção. E enquanto conversa com o Pai, trace na mente o projeto. E um modo de ajudar a entrar em sua presença. Eis aqui um exemplo de como a Oração do Senhor pode guiar suas orações: Pai nosso Obrigado por adotar-me em tua família. Que estás Obrigado, meu Senhor, Por seres um Deus do tempo presente: Meu Jeová-Jiré (o Deus que prove), Meu Jeová-Raah (o afetuoso pastor), Meu Jeová-Shalom (o Senhor é paz), Meu Jeová Rafa (o Senhor que cura), E meu Jeová-Nissi (o Senhor, minha Bandeira). No céu, Tua oficina da criação recorda-me: Se pudeste fazer os céus, também podes fazer sentido fora de meus esforços. Santificado seja o teu nome. Sê santo em meu coração. Tu estás "um corte acima" de tudo o mais. Capacita-me…

Sou luz

Agora sois luz no Senhor: andai como filhos da luz. Efésios 5.8


Não percebemos a importância da parte inconsci­ente do ministério de nossa vida. Ela avança continua­mente. Em cada cumprimento trocado na rua, em cada conversa, em cada carta que escrevemos, em cada con­tato com outras vidas, há uma influência sutil que parte de nós e muitas vezes vai além, deixando uma impres­são mais profunda do que a causada por aquilo que estamos fazendo no momento. O que produz resulta­dos e impressões espirituais não é tanto o que fazemos neste mundo, mas o que somos.
J. R. Miller