Postagens

Mostrando postagens de 2018

Inesperado

Imagem
Quando percebemos que em volta dos nossos caminhos as coisas estão clareando, vem o inesperado e nos choca com uma explosão de problemas diante dos nossos olhos. Uma paralisia toma conta de nós, a boca se abre em espanto e o restante do corpo permanece estático. Os primeiros pensamentos resultam na procura de explicações que nos console, que nos traga alguma esperança, mas um vazio de respostas é o que encontramos.
O pior que o show de horrores se inicia com uma leve calma, nada no ambiente apontara para a tragédia, todavia de forma crua, fria, calculista tudo acontece. Uma onda de desacertos toma conta dos passos, e a queda nos leva ao desespero. Perguntamos por ação e omissão de quem vem as injustiças? Se meditarmos, veremos que estamos vivendo uma sucessão de pesados castigos.
Nas profundezas do nosso ser, surge uma série de dúvidas, uma sensação de estarmos lutando sozinhos. O resultado é esse, porque eventos devastadores têm ocorrido com tanta frequência que não lembramos quando nã…

Sabedoria na relação

Imagem
Não sabemos como a história se acaba, mas todos os dias recebemos através do Criador da vida a oportunidade de fazê-la valer a pena. O importante é nunca esquecermos das avaliações, mensurar o custo de continuar insistindo, ou se é necessário renovar os rumos, modificar o jeito que se age. A avaliação é de suma importância, pois, serve para identificar nossas fraquezas, onde estamos errando, o que precisa ser corrigido, o que não pode ser negligenciado, e também apontar os pontos positivos, quais são nossas conquistas, o que se traduz em felicidade e conforto. Acreditamos que antes de possuirmos qualquer perspectiva em relação ao próximo, é salutar termos um olhar introspectivo, só assim compreenderemos todo o universo que estamos conectados. Cada pessoa viveu experiências únicas, e estas foram responsáveis pela construção do indivíduo. Procurar entender é o melhor caminho para o desenvolvimento de um relacionamento saudável e amistoso. De nada adianta ficarmos em lamentos, reclamações,…

Não há alegria

Imagem
Acredito que Deus predetermina a morte. Um encontro que não podemos adiar. Temos pensado muito em Deus e na morte, ultimamente pesadelos tem apavorado nossa vida. Por alguns momentos o que afugenta tais pensamentos, é minha querida filha, não desejamos morrer por causa dela, a dor seria grande demais, um golpe duro de suportar, pois, sei o que significa, somos órfãos de mãe. Confessamos que gostaríamos de escrever sobre sonhos e aspirações, algo realmente grande, todavia não visualizamos nenhuma sombra de novidade ou ânimo para anelar pelo futuro. Não há alegria por pertencer a qualquer grupo, não sei se a falta de amigos que possa conversar de igual para igual está nos levando a um sentimento de inutilidade, somos tranquilos, brandos, incapaz de ferir alguém, contudo, nossa qualidade maior é ser chato, nos falta sorriso. Sabemos que somos apenas tolerados. Acreditamos que deveríamos possuir um sentimento forte de união, mas parece que o coração inflou. Na verdade, por vezes ficamos procu…

Coração fraquejado

Imagem
Atualmente, não temos gastado energia alguma escrevendo sobre o que quer que seja, ao contrário, por vezes detestado ter que escrever. De toda forma, não existe muita coisa sobre o que escrever, o que tem mais acontecido reina a apatia. Estamos com um processo em nosso interior, nele tem desenvolvido de forma crescente, um vazio, um oco, resultando em distâncias. De tudo para com todos, quem tem aparecido é um velho visitante, o medo. Ele rouba a concentração, levando consigo o que temos de paciência e humor. O medo nos deixa nu, todo o verniz se vai, até as coisas que julgávamos como mais valiosas desapareceram — à parte Deus. Até o apego por pessoas e instituições, o medo o expulsou para longe. A única coisa que resta, nosso único conforto, é o eterno amor a Deus. Não são poucos os momentos durante o dia que bombas começam a cair, a ponto de sabermos aonde em nós não fomos atingidos, na mente vem um barulho indescritível e ânsias apertam o coração com suas mãos frias. Só conseguimos p…