Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2009

Agostinho, Nos Braços do Pai

Temos na história um exemplo de uma pessoa que procurou preencher o vazio existencial, com os estudos, uma vida acadêmica, que aceitou os ditames de seitas e até do ceticismo.
Falo de Agostinho, um dos clérigos mais famosos na História da Igreja, nasceu no sul da atual Argélia no ano 354, seu pai Patricius, homem pagão, pequeno comerciante, sua mãe Mônica, cristã fervorosa. Sem habilidades comerciais, lhe restara os estudos, seu custeado por certo tempo por seus pais, posteriormente ganha uma bolsa de estudos em Cartago, onde ganha a fama de farrista, com uma amante tem um filho, seus registros nos revelam um jovem apaixonado, devotado ao amor. Depois casa-se por intervenção de sua mãe com um casamento arranjado, que lhe traria prestígio social.
Sua vida assim como seu orgulho cresce vertiginosamente, conhece Roma e Milão a então capital do império, lá aos 31 anos foi promovido à cátedra de professor oficial de retórica, a primeira do império. Tinha, portanto agora boas condições financ…

TU


Tu has probado mi corazón;
Usted conoces mi camino;
Tu presencia me rodea;
No puedo olvidar
Su amor ganó.
Nada podrá separar
No hay amor más grande que este
Tu amor va delante de mi
Su amor me proteges
Su amor me sostiene
Oigan los pueblos que mí corazón es tuyo;
Esto es lo que no puedo negar,
Es la verdad  más grande que conozco.
Mí doy cuenta que tú eres todo lo que necesito.
Un camino abriste con tu grande amor;
Sólo una cosa declaro:
Quiero estar más cerca, más cerca de ti.
Este es el anhelo,
Sólo tú puedes llenar, sólo usted puedes calmar.
Sólo tú...


Por Joaquim Queiroz

Ombro Amigo

Importa-me cantar uma canção de alegria Quando teu coração estiver triste Cujo cântico profundamente repare cuidados sobre tua aflição E aliviem tuas cargas, importa-me estar suficientemente Perto para teu coração tocar Brincar, divertir, te fazer sorrir, gargalhar Pacientemente te ouvir, confessar, desabafar, contar comigo Ver tua prosperidade, pertencer ao teu presente Levar-te à sonhos outrora jamais imagináveis Ah! Como quero teu bem...
(Joaquim Queiroz)
REVELAÇÕES DA CRUZ

A Cruz nos trouxe:

1- A Reconciliação
Efésios: 2.16 > “E pela cruz reconciliar ambos com Deus”

2- A Paz
Colossenses: 1.20 > “E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz”.

3- A Liberdade
Colossenses: 2.14 > “Havendo rasgado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz”.

4- O Amor
Romanos: 5.8 > “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores”.

5- Resgate
Gálatas: 3.13 “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós, porque está escrito: maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”.

6- Poder
I Coríntios: 1.18 > “Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós que somos salvos, é poder de Deus”.

7- Salvação
Hebreus: 9.27,28 > “E, como aos homens está ordenado, morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo. Assim também Cristo oferecendo-se uma vez para tirar os pecado…

Ás vezes

Às vezes eu quero chorar; mas os olhos não deixam;
Eu quero gritar, mas a voz não chega;
Quero correr, mas as pernas não vão;
Fazer, mas o tempo não permite;
Às vezes eu quero confessar, mas a vergonha aparece;
Eu quero apenas olhar, mas a multidão impede;
Quero abraçar, mas os braços não se abrem;
Achegar-me, mas o corpo não cede;
Às vezes eu quero um beijo, mas os lábios não se tocam;
Eu quero ouvir, mas só há silêncio;
Quero conversar, mas não há alguém;
Sorrir, mas a alegria não surge;
Às vezes eu quero brincar, mas espaço não tem;
Eu quero companhia, mas só a solidão aparece;
Quero pular, mas o chão foge;
Ajudar, mas as oportunidades somem;
Às vezes eu quero uma música, mas o som emudece;
Eu quero trabalhar, mas não há vagas;
Quero dormir, mas o sono se esconde;
Ver uma estrela, mas o céu se fecha;
Às vezes eu quero uma brisa, mas o vento não passa;
Eu quero você, mas onde você está?
Às vezes...


Por Joaquim Queiroz

Qual é o papel da Filosofia da História?

O estudo da história passou por uma volubilidade no quesito de forma de estudo, observamos que na Grécia Antiga seus filósofos colocavam a matemática no centro do seu quadro mental, na Idade Média derivava do pensamento teológico, posteriormente o pensamento concentrou-se na criação dos fundamentos da ciência natural. Mas no século XVIII começou-se a pensar criticamente acerca do mundo exterior, que a história começou a ser considerada como uma forma específica de pensamento, não exatamente como a matemática, a teologia ou a ciência.
Com o surgimento da filosofia da história, o estudo histórico, “ganhou” o modo reflexivo da filosofia de nunca pensar simplesmente acerca de um objeto, pensar também no seu próprio pensamento acerca desse objeto, todavia cabia ao historiador aprender o passado como uma coisa em si mesma, o que resultou em pensamento de primeiro grau. A filosofia não pode separar o estudo do que há a conhecer do estudo do que já é conhecido, o que nos mostra a filosofia com…

Nascimento x Morte

NASCIMENTO X MORTE

Jesus nasceu em Belém;
Jesus morreu em Jerusalém;
Quando Jesus nasceu ele foi adorado;
Quando Jesus morreu, ele foi zombado;
Quando Jesus nasceu uma estrela põe-se sobre a estrebaria;
Quando Jesus morreu, o sol tornou-se trevas;
Quando Jesus nasceu um coral de anjos cantavam;
Quando Jesus morreu as mulheres choravam;
Quando Jesus nasceu ele veio à vida;
Quando Jesus morreu, ele deu a sua vida;
Quando Jesus nasceu ele iniciou o plano da salvação;
Quando Jesus morreu, ele concretizou o plano da salvação;
Jesus nasceu dando gritos de alegria;
Jesus morreu dando gritos de dor e agonia;
Jesus nasceu entre os pastores;
Jesus morreu entre os ladrões;
Jesus nasceu Salvador;
Jesus morreu como o nosso Salvador.


Por Joaquim Queiroz

Sonhe e Viva

Sonhe, sonhe um sonho grande! Enfeite a vida de alegria; Desperte o Sol; Se recheie de esperança;
Encante o mundo com o seu perfume.
Deixe o céu o mais azul possível.
Presenteie a si mesmo com o seu mais belo sorriso.
Oficialize o seu amor próprio.
Valorize o tato que você tem.
Deixe a imaginação brilhar, a fantasia correr;
A razão reinar, adrenalina pulsar,
Viva mais a vida, viva mais você!
Não importa se o teu barco é a vela e o vento sopra ou não
Aproveita o mar, Mergulhe!
Porque tem coisas na vida que é de graça!
Tire sua felicidade da ilegalidade! A defendo-a!!
Proteste contra a tristeza!
Se vale a pena? Tudo vale a pena!!!
Por mais mortal que seja o espinho, ele nunca ofuscará a beleza da flor! E não há nada mais belo em nosso caminho do que um jardim!
E não se esqueça o tempo é o nosso aliado,
Os ponteiros girarão a manhã da mesma forma de hoje
O passado é um exemplo, o futuro uma folha em branco, e o hoje é nosso! Então dê asas aos desejos, leia aquele livro,assista ao filme que queria tanta ver, Com…