Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

Jovens e o álcool

Imagem
O jovem que faz pose com um copo de bebida na mão faria bem em considerar qual dos dois deveria jogar fora: a bebida ou ele próprio. (Anônimo)

Deleita-te no Senhor

Imagem
O nosso Deus não somente ama o Seu povo, mas tem prazer em cada um de nós. Ele tem grande alegria em nossas vidas. E Ele é na verdade bendito nos guardando e nos livrando. Eu vejo este tipo de prazer paterno em minha esposa, Gwen, sempre que um de nossos netos nos liga. Gwen se ilumina como uma árvore de Natal quando está conversando com um dos nossos netinhos. Nada consegue tirá-la do telefone. Mesmo se eu lhe disser que o Presidente da República está à nossa porta, ela me afasta e continuará conversando. Como eu poderia acusar o meu Pai celestial de se alegrar em mim, menos do que eu o faço com a minha própria descendência? Às vezes meus filhos me desapontam, fazendo coisas contrárias às que os ensinei. Mas em nenhum momento os deixo de amar ou de me agradar neles. Assim, se eu possuo este tipo de amor duradouro sendo um pai imperfeito, quanto mais nosso Pai celestial se preocupa conosco, Seus filhos? É por isso que eu considero este episódio com os espias de Israel tão desconcertan…

Como enxergas a vida?

Imagem
Na nossa trajetória tomamos cada posição absurda de ver a vida. Perguntas sem respostas desejadas nos incomodam. E um abuso vai tomando conta da gente, e sem esperarmos, ficamos amargurados, um vazio por dentro que só faz se avolumar. Consideramos todo mundo como um bando de hipócritas, donos de palavras vãs, enxergamos as pessoas vestidas de máscaras, cheias de falsidade, vendedoras de ilusões. Mas não percebemos que enquanto nossa raiva e ressentimento se espalham contra tudo e todos, nos tornamos pessoas solitárias, pois o desprezo às pessoas é uma consequência, mergulhamos no ostracismo e chegamos a dizer que não precisamos de ninguém, que podemos muito bem sobreviver sozinhas. Coitado de nós, cegados pela revolta que indispôs nosso coração. Na verdade tudo que queríamos, e isso você bem sabe comigo, é que desejamos amar e amado ser. É o que ecoa bem lá no fundo de cada um da gente. Só quando ouvirmos isso, é que perceberemos o quanto somos tão falsos para nós mesmos. Fingindo que…

Ensinar a alegria

Imagem
Muito se tem falado sobre o sofrimento dos professores. Eu, que ando sempre na direção oposta, e acredito que a verdade se encontra no avesso das coisas, quero falar sobre o contrário: a alegria de ser professor, pois o sofrimento de se ser um professor é semelhante ao sofrimento das dores de parto: a mãe o aceita e logo dele se esquece, pela alegria de dar à luz um filho. Reli, faz poucos dias, o livro de Hermann Hesse, O Jogo das Contas de Vidro. Bem ao final, à guisa de conclusão e resumo da estória, está este poeminha de Rückert: Nossos dias são preciosos mas com alegria os vemos passando se no seu lugar encontramos uma coisa mais preciosa crescendo: uma planta rara e exótica, deleite de um coração jardineiro, uma criança que estamos ensinando, um livrinho que estamos escrevendo. Este poema fala de uma estranha alegria, a alegria que se tem diante da coisa triste que é ver os preciosos dias passando... A alegria está no jardim que se planta, na criança que se ensina, no livrinho que se escre…

Eles nunca aceitaram o amor de Deus por eles

Imagem
Durante todas as dificuldades dos israelitas, Deus tentou ocasião após ocasião conduzir Seu grande amor a eles. Mas eles não o aceitaram. Eles simplesmente não acreditavam que suas provações fluíam de Seu amor. Ao invés disso, as pessoas sempre diziam, "Se Deus nos amasse, por que Ele nos traria aqui ao deserto para nos matar? Por que Ele permitiria que sofrêssemos assim?”. Aqui nós vemos a raiz de toda a incredulidade: uma relutância para crer e descansar no amor de Deus pelos Seus filhos. Ainda assim, a razão absoluta pela qual Deus escolheu Israel para ser Seu povo foi por causa do Seu amor: "E, porquanto (Deus) amou a teus pais, não somente escolheu a sua descendência [vocês] depois deles... O Senhor não tomou prazer em vós nem vos escolheu porque fôsseis mais numerosos do que todos os outros povos... mas, porque o Senhor vos amou” (Deuteronômio 4:37, 7:7-8). Foi dito a Israel, ”Deus não os escolheu por causa de qualquer coisa especial quanto a vocês; Ele os escolheu sim…

Aprendendo sobre Justiça

Imagem
AULA DE DIREITO
Quando nosso novo professor de "Introdução ao Direito" entrou na sala, a primeira coisa que fez foi perguntar o nome a um aluno que estava sentado na primeira fila. Qual o seu nome? - Juan, senhor. Saia de minha aula. Não quero que volte nunca mais!Gritou o professor. Desconcertado, Juan recolheu suas coisas e saiu da sala. Todos estávamos indignados, mas ninguém falou nada. Em seguida, o professor perguntou à classe: - Para que servem as leis? Assustados, começamos a responder. - Para que haja uma ordem em nossa sociedade, disse alguém. - Não! respondeu o professor. - Para cumpri-las. Não! - Para que as pessoas erradas paguem por seus atos. - Não! Será que ninguém sabe responder? Para que haja justiça, falou timidamente uma garota. Até que enfim! É isso: Para que haja justiça. E continuou: Para que serve a justiça? Mesmo incomodados pelo comportamento grosseiro do professor, respondemos: - Para salvaguardar os direitos humanos. Bem, o que mais? - Para mostrar a dif…

Alguns Cristãos Querem Arrancar o Livro de Jó da Bíblia

Imagem
Alguns crentes não podem lidar com o fato de que Jó era um homem íntegro, santo, amado de Deus que sofreu calamidades terríveis. Eu digo a esses cristãos: é impossível para nós conhecermos a verdadeira fé a menos que possamos olhar diretamente para as dificuldades de Jó e dizer, "Deus permitiu todas essas coisas acontecer a Jó para um propósito”. Sim, Deus permitiu que os filhos de Jó fossem tomados. Ele permitiu a perda da saúde de Jó, de suas propriedades, sua reputação. Jó foi desonrado nas mãos de supostos amigos. Até mesmo sua própria esposa o escarneceu. E seu corpo suportou feridas horríveis e dolorosas. Este homem viveu com dor insuportável e tristeza de coração. Olhe para ele entre as ruínas da sua vida: sentindo-se abandonado, esmagado pela aflição, os céus parecendo repelir suas orações. Jó passou noites sombrias sem dormir, e dias terríveis, dolorosos. A dor era tão grande que pediu a Deus que tomasse sua vida. Ainda assim, durante todo o ocorrido, Deus ainda o amava.…

Não tem estimulado seu filho a ler? Falta de Educação!

Imagem
A leitura dá asas à imaginação, além de ajudar no desenvolvimento da fala e da escrita. Leia para seu filho desde bebê e presenteio-o com livros e revistas. E mais:
vParticipe sempre das reuniões escolares para avaliar o aproveitamento e comportamento dele. vAcompanhe as lições de casa. Mas lembre-se, acompanhar não é fazer a lição por ele.
Antes de cobrar a escola, o professor e o Estado, vamos exigir de nós mesmos uma postura mais participativa na educação dos nossos filhos. Educação começa em casa. Que tal começar agora?

Você testifica ter fé. Mas como a obteve?

Imagem
Sobre qual alicerce sua fé está edificada? As Escrituras nos dizem que a fé vem pelo ouvir, e que a Palavra de Deus nos dá "ouvidos espirituais", capacitando-nos a ouvir (veja Romanos 10:17). Bem, aqui está o que a Bíblia diz sobre as experiências de deserto na nossa vida: “Não me submerja a corrente das águas e não me trague o abismo...Ouve-me, Senhor,  pois grande é a tua benignidade...Não escondas o teu rosto do teu servo; ouve-me depressa, pois estou angustiado" (Salmos 69:15-17). Claramente, águas de aflição inundam a vida dos santos. “Pois tu, ó Deus, nos tens provado; tens nos refinado como se refina a prata. Fizeste-nos entrar no laço; pesada carga puseste sobre os nossos lombos...passamos pelo fogo e pela água”(66:10-12). Quem nos faz entrar num laço de aflições? Deus mesmo o faz.“Antes de ser afligido, eu me extraviava; mas agora guardo a tua palavra... Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos” (119:67, 71).  Este verso explica clara…

Você não é obrigado a morrer no deserto

Imagem
Há pouco tempo atrás, comecei a elaborar o esboço de um livro sobre o sofrimento dos santos de Deus. Eu quis encorajar os cristãos em relação à fidelidade que o Senhor tem mostrado ao Seu povo no meio das provações. Desde então, muitos leitores têm me escrito, testemunhando sobre como Deus tem lhes dado graça em momentos de sofrimento. Uma senhora escreveu sobre uma longa provação física: “Doze anos atrás, eu e meu marido nos aposentamos, e Deus nos impulsionou às nações como mssionários evangelistas. Durante aquele tempo, viajamos por mais de trinta países. Muitas vezes ministramos sob circunstâncias terríveis, mas o Senhor sempre nos conservou com boa saúde e nos agraciou com resistência sobrenatural." “Então, março passado, fui atacada por uma doença desconhecida particularmente séria. Nós tínhamos visto essa calamidade tocar multidões de pessoas a quem ministramos em regiões remotas. A doença causa dor e inchaço nas mãos. Diversos especialistas, contudo, não puderam identific…

MISSÕES

Imagem
QUAL É O PROPÓSITO – A MISSÃO - DA IGREJA?
II Co 5:18-20 e Cl 1:18-23 – Reconciliar o homem com Deus. O homem separou-se de Deus e se tornou rebelde para com Deus.A Igreja deve levar o homem a obedecer a Deus. Todo o resto é estratégia para o cumprimento da missão.
A BÍBLIA E MISSÕES
Gn 1:1 – é a 1a base de missões na Bíblia – Deus preocupa-se com a terra e revela-se à ela.Ef 1:3-14 – Deus revela Ter um plano estabelecido para a terra. A ação de Deus é universal. Gn 3-12 – Deus cria o homem e ordena a ele povoar a terra, repete isso a Noé. O pecado fez Deusdispersar a humanidade, mas não abandoná-la, pois ordenou seu povo a buscar a todos.
Gn 12:3 – Deus declara seu propósito a seu povo – abençoar a todas as famílias da terra, e isso é repetido aos seus filhos (Isaque - 26:2-4; Jacó – 28:13-14 e José – 49:22; nós – Gl 3:29) Js 4:23-24 – Toda ação de Deus em Israel visava toda a humanidade (I Sm 17:45-46). Salmos – os cânticos de louvor em Israel proclamavam a universalidade do propósito de…

Uma noiva para Isaque

Imagem
Se no drama de Moriá - onde mais tarde se ergueria o Templo israelita - temos em Abraão e no cordeiro figuras de Deus Pai e Deus Filho, no casamento de Isaque deparamo-nos com tipos de toda a Trindade. Se Isaque foi um tipo fiel de Cristo em sua obediência até à morte, também o foi em relação ao seu casamento com Rebeca -uma noiva oriunda de sua parentela. Eliezer, em cuja mão estava toda a fazenda do seu senhor, tipifica o Espírito Santo enviado à terra para preparar e levar até Cristo uma noiva "gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível" (Efésios 5.27). É interessante notar como, na seqüência de Gênesis, Cristo morre no capítulo 22 como o "cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”(João 1.29); no capítulo seguinte dá-se a morte de Sara, sua mãe natural, como tipo de Israel, e então, no capítulo 24, a Igreja é chamada para ocupar sua elevada posição de noiva do Cordeiro, depois derrubada a parede de separação entre judeus e gentios…

Educação X Eleições

Imagem