Aprendendo sobre Justiça


AULA DE DIREITO

Quando nosso novo professor de "Introdução ao Direito" entrou na sala, a primeira coisa que fez foi perguntar o nome a um aluno que estava sentado na primeira fila.
Qual o seu nome?
- Juan, senhor.
Saia de minha aula. Não quero que volte nunca mais!Gritou o professor.
Desconcertado, Juan recolheu suas coisas e saiu da sala. Todos estávamos indignados, mas ninguém falou nada. Em seguida, o professor perguntou à classe:
- Para que servem as leis?
Assustados, começamos a responder.
- Para que haja uma ordem em nossa sociedade, disse alguém.
- Não! respondeu o professor.
- Para cumpri-las.
Não!
- Para que as pessoas erradas paguem por seus atos.
- Não! Será que ninguém sabe responder?
Para que haja justiça, falou timidamente uma garota.
Até que enfim! É isso: Para que haja justiça. E continuou: Para que serve a justiça?
Mesmo incomodados pelo comportamento grosseiro do professor, respondemos:
- Para salvaguardar os direitos humanos.
Bem, o que mais? 
- Para mostrar a diferença entre o certo e o errado. Para premiar a quem faz o bem.
Não está mal, comentou o professorAgora, respondam: Agi corretamente ao expulsar Juan da sala de aula?
Todos ficamos calados.
Quero que todos respondam ao mesmo tempo!
- Não!  
Poderiam dizer que cometi uma injustiça?
- Sim!
E por que ninguém fez nada? Para que servem as leis se não nos dispomos a colocá-las em prática? Todos temos de reclamar quando presenciamos uma injustiça.
Vá buscar o Juan, pediu para mim.
Naquele dia recebemos a lição mais importante do curso de Direito: Quando não defendemos nossos direitos, perdemos a dignidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

A ENTRADA DA IGREJA NOS CÉUS

Como um arco íris