Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

IGREJA: Esperança do Mundo

Colossenses 1:24-29

Proposição: Mostrar que Deus revelou o seu Filho à igreja para que ela revele o seu Filho ao mundo. Introdução: Qual é o futuro deste mundo? Esta talvez deva ser a pergunta mais ouvida nos últimos tempos. Estamos no limiar de um novo milênio e isto traz muitas dúvidas nos corações das pessoas. Transição: Entendamos como a igreja torna-se a portadora da esperança divina para um mundo desnorteado. 1. Cristo: Mistério de Deus Cristo estava oculto dos séculos e das gerações. Mistério é uma pessoa ou uma verdade. Ainda no sentido de que permaneceria desconhecido se Deus não houvesse reveladoi. Havia o plano de Deus em revelar, as profecias, mas não era uma realidade ainda. 2. Em nós: Gentios povo desprezado Cristo manifesto aos santos. Quando ele foi manifesto, o mistério se desfaz. O mistério é Cristo sendo manifesto a todos os santos e não somente aos judeus. Cristo revelação do Pai - Deus é o autor dos mistérios divinos. A revelação, Cristo, é a base sólida da expectati…

Mansidão e Aprendizagem

Alguns dos momentos mais duros na minha vida foram quando meus companheiros na obra procuravam seus próprios objetivos. Dor e feridas foram inevitáveis. Entretanto, estas coisas nos ensinam. O primeiro descanso oferecido em Mateus 11.28-30 é incondicional. “Vinde a mim - e eu lhe darei descanso.” Mas depois vem o descanso da vida inteira que recebemos quando aprendemos de Jesus – que é manso e humilde. Esta é a coisa principal que devemos fazer durante toda nossa vida. É triste ver quantos pastores limitam sua experiência cristã a ajuntar um grupo que possa satisfazer sua necessidade. Coronel Arnolis Weerasooriya (1858 - 1888), um homem de Sri Lanka, cuja vida e obra foram altamente admirados pelo General William Booth (do Exército de Salvação), dizia: “Fico aos pés de qualquer pessoa que andou com Jesus mais do que eu, para aprender dele”. Cada fracasso é uma experiência de aprendizagem para o pastor manso. Se ele congregar dez mil pessoas no seu rebanho, ainda se sente humilhado qua…

Nos dias atuais as pessoas tem que guardar as Leis do Velho Testamento?

Introdução No Velho Testamento, encontramos muitos mandamentos que não são achados no Novo Testamento, tais como o sábado do sétimo dia, o sacrifício de animais, o sacerdócio levítico, a circuncisão, os dias santificados especiais, a queima de incenso, o dízimo e a música instrumental, na adoração. Muitas pessoas estão confusas sobre se temos ou não, hoje em dia, que obedecer a estes mandamentos do Velho Testamento. Pessoas que acreditam que deveríamos guardá-los, freqüentemente discordam entre si sobre quais leis devemos guardar. Para agradar a Deus e para sermos unidos religiosamente, temos que determinar se alguma das leis do Velho Testamento, se aplica a nós, atualmente. O propósito deste estudo é entrar nessas questões. Vamos considerar algumas perguntas introdutórias: Deus quer que as pessoas, hoje em dia, obedeçam a todos os mandamentos que ele já deu?
As pessoas, às vezes, acreditam (ou argumentam como se creem), que temos que praticar, hoje em dia, tudo o que Deus já ordenou na Bí…

Apaguem as estrelas

É impossível não reconhecer a marca de Deus impressa em tudo aquilo que ele criou. E é impossível também apagar essa marca. Isto ficou provado durante um interessante episódio em 1789, em plena Revolução Francesa. Esse acontecimento histórico de repercussão mundial tinha sido intelectualmente preparado por políticos e filósofos inimigos do cristianismo. Durante a revolução, pilhas de Bíblias foram queimadas, igrejas fechadas e muitos cristãos lançados em úmidos cárceres, na tentativa de que a idéia da existência de Deus fosse apagada no espírito do povo. Em uma aldeia francesa, um dos responsáveis pela persegui­ção religiosa disse a um camponês que a igreja da aldeia e tudo o que fizesse lembrar Deus seriam destruídos. - Assim — disse o perseguidor — conseguiremos apagar os meios que levam o povo a crer na existência de Deus.
- Então o senhor terá que mandar apagar também as estrelas — respondeu o camponês.


Por Jesus Garcia Lopes, in Nuestra Sabedoria Racional de Dios. Tall Graf, Montaria,…

Jesus olhava para longe

É evidente que Jesus olhou para longe ao escolher seus auxiliares. Olhando lá da altitude divina, pôde ver neles aquilo que eles e seus companheiros não podiam enxergar. Olhava suas possibilidades futuras, e não meramente suas presentes qualificações. Por exemplo, viu naquele Simão impulsivo, radicalista e vacilante um caráter forte, corajoso e vigoroso, e por isso lhe deu o nome de Pedro (pedra). Semelhantemente, viu naquele João muito jovem e descaridoso ("filho do trovão") um caráter bem mais amoroso e compreensivo, e mesmo "o discípulo amado". Jesus podia descobrir num fariseu cheio de orgulho ou numa mulher de má vida possibilidades que ninguém enxergava. Afirma Bruce Barton: "O povo via Zaqueu apenas um judeuzinho desonesto: Jesus viu nele uni homem de generosidade incomum... Assim se deu também com Mateus: todos viam nele nada mais que um desprezível coletor de impostos, mas Jesus viu nele o potencial escritor dum livro que viveria para sempre.&quo…

Veja o que a pornografia faz com você, sua família e igreja

O amor é um princípio

Aqui precisamos tomar a posição de fé. Muitas pessoas confundem o amor com sentimento ou emoção. O amor é mais do que uma emoção. O amor é um princípio. Se você realmente deseja o melhor para alguém que o prejudicou, isto é amor, mesmo quando todas as emoções parecem estar dormentes. O amor é mais do que sentimentos fracos. O amor pode ser rigoroso. O amor não age em interesse próprio, mas sempre busca o melhor para a pessoa amada. O amor não age baseado em emoção mas em princípios. Emoções são instáveis. A questão não é que tipo de sentimentos você tem, mas o que você faz com eles. O homem autêntico é avaliado pela sua vontade e não pela sua emoção. Muitas vezes o meu coração deseja expressar afeto por um dos meus filhos quando sei que, para o seu próprio bem, tenho que castigá-lo. Neste caso, vou agir sobre um princípio e não na minha emoção. “Considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus” (Rm 6:11). (Por Paul E. Billheimer)

Caridade

O lugar da caridade é como o de Deus: em toda parte. (Francis Quarles)

Vencendo as tentações sexuais

INTRODUÇÃO: 1. O instinto sexual é natural no ser humano. Deus nos criou para sermos assim. Precisamos aprender a lidar com ele de uma forma correta. No mundo em que vivemos, usaremos tais instintos para a prática errada do sexo, caso não nos colocarmos debaixo da cobertura do Senhor. Temos que crer que já fomos libertos por Cristo, Jo 8.36. 2. Contudo, não estamos isentos da tentação. Como enfrentá-la? Tg 5.8-9; 4.7. 
"VEJAMOS ALGUMAS MANEIRAS DE COMO PODEMOS ENFRENTAR A TENTAÇÃO":
I - DEVEMOS ENFRENTAR A TENTAÇÃO COM ALEGRIA TG 1.2 1. Muitos ficam deprimido. O goleiro não fica triste, quanto o atacante chuta a bola no gol, mas se a bola entrar, aí sim ele vai ficar triste. Se ele defende a bola, vem até uma sensação de alegria pela bela defesa que fez. Se ninguém chuta a bola no gol, também jamais aprenderá a defendê-lo. É assim que o goleiro é treinado. 2. A atitude de regozijo na hora da tentação, é o meio caminho para andamos em triunfo. II - DEVEMOS ENFRENTAR A TENTAÇÃO COM CO…

Significação das palavras

*  Sinônimos
São palavras de sentido igual ou aproximado: alfabeto e abecedário; brado, grito e clamor; extinguir, apagar e abolir.
Observação : A contribuição greco-latina é responsável pela existência de numerosos pares de sinônimos: adversário e antagonista; translúcido e diáfano; semicírculo e hemiciclo; contraveneno e antídoto; moral e ética; colóquio e diálogo; transformação e metamorfose; oposição e antítese.
    *  Antônimos
São palavras de significação oposta: ordem e anarquia; soberba e humildade; louvar e censurar; mal e bem.
Observação : A antonímia pode originar-se de um prefixo de sentido oposto ou negativo: bendizer e maldizer; simpático e antipático; progredir e regredir; concórdia e discórdia; ativo e inativo; esperar e desesperar; comunista e anti­comunista; simétrico e assimétrico.
    *  Homônimos
a) Homógrafos: são palavras iguais na escrita e diferentes na pronúncia: rego (subst.) e rego (verbo); colher (verbo) e colher (subst.); jogo (subst.) e jogo (verbo); apoio…

Cuida de mim

(Gabriela Rocha) Pai eu preciso tanto de um abraço Seu
Deus amigo meu
Escolho caminhos, mas sei que não são os Seus
Mas não me deixa só
Segura a minha mão Sei que tudo o que eu preciso está
No projeto que Tu tens pra mim
Vem Espírito de Deus me leva
Pro caminho certo a seguir
Eu creio Oh... Pai eu preciso tanto de carinho Seu
Deus amigo meu
Pai eu tenho medo do escuro
Mas não me deixa só
Segure a minha mão Sei que tudo o que eu preciso está
No projeto que Tu tens pra mim
Vem Espírito de Deus me leva
Pro caminho certo a seguir
Eu creio Que o Senhor é o meu pastor
E nada me faltará
Que o Senhor é minha força
E eu sou fraco
Minha vida está em suas mãos agora
Cuida de mim Pai, Cuida...

Passe pelos obstáculos de maneira eficiente e suave

Em vez de você ficar se debatendo para resolver os problemas que acontecem durante um dia de trabalho, encare cada questão como um quebra-molas. Um quebra-molas é aquela pequena lombada numa estrada, feita para chamar a sua atenção e reduzir a velocidade. Dependendo de como nos aproximamos e lidamos com a lombada, podemos ter uma experiência desagradável, desconfortável e até mesmo danosa. Ou você pode fazer simplesmente uma desaceleração temporária e passar suavemente pela lombada... E mais nada.

  Agora, se você pisar no acelerador e se agarrar ao volante, vai atingir o quebra-molas com uma trombada. Seu carro e até você podem se machucar. Os problemas podem ser encarados sob um ponto de vista semelhante: podemos ficar irritados com eles, reclamar com outras pessoas e aumentar a questão. Se você pensa nos problemas como um quebra-molas, eles passam a ser muito diferentes. Ao perceber a questão, você desacelera, amortece o choque, fazendo com que o problema seja menos significativo. E…

Programação da Mocidade para Abril em Vitória de Santo Antão - IEADPE - Setor 04

Deus nos fez do pó da terra

Formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou em seus narizes o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. (Gênesis 2.7)

Assim, essa minha alma é composta de dois mun­dos - pó e deidade! Ela toca a linha limítrofe de dois hemisférios. De um lado, alinha-se com o divino; do outro, com as feras do campo. Seu começo é embaixo, mas seu cume, em cima; pane do pó do chão, mas termina no sopro de Deus. Estás, ó minha alma, vivendo à altura dessa tua ori­gem dupla? Estás te lembrando de tua dupla filiação e, portanto, de tua dupla obrigação? Tens uma obrigação para com Deus, pois o fôlego dEle está em ti; tens uma obrigação para com a terra, pois dela fostes criada.
(George Matheson)