Ombro Amigo

Importa-me cantar uma canção de alegria
Quando teu coração estiver triste
Cujo cântico profundamente repare cuidados sobre tua aflição
E aliviem tuas cargas, importa-me estar suficientemente
Perto para teu coração tocar
Brincar, divertir, te fazer sorrir, gargalhar
Pacientemente te ouvir, confessar, desabafar, contar comigo
Ver tua prosperidade, pertencer ao teu presente
Levar-te à sonhos outrora jamais imagináveis
Ah! Como quero teu bem...
(Joaquim Queiroz)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

A ENTRADA DA IGREJA NOS CÉUS

Como um arco íris