O AMOR




Acho lindo o AMOR, porque dos sentimentos é o mais nobre;
Alcança todos os outros e neles se revela; por exemplo, alegria é o amor sorrindo; humildade é o amor como virtude, bondade é o amor sendo gentil;

O AMOR verdadeiro, quem tem sempre é vencedor, pois não inveja a felicidade de ninguém, antes a única dívida  é a de amar mais infinitamente mais.

O AMOR é benéfico em todos os sentidos, do corpo cura as dores, a alma desesperada resgata, para espírito oprimido traz a vivacidade almejada.

O AMOR não abandona os seus amantes com todas as sua forças vai ao encontro do que está triste e demonstra que importa-se com ele;
Aumenta o som da alegria e  dos cânticos com o objetivo  de marcar o coração para ficar suficientemente perto, sempre perto.

O AMOR tem um caminho, cheio de curvas, vamos dizer que é o drama necessário que faz o coração acelerar; assim sendo nos vai levando a encontrar alguém na correnteza divina dos acontecimentos;

Quem diz que o AMOR é isento de regras, mente. Ele quer ser cortejado,rejeita quem apenas quer doses tacanhas, contudo quando encontra espaço, este preenche sem deixar folgas; a celebração é contínua, folguedos são vistos em noites escuras.

O AMOR anda de cabeça erguida é arauto das belezas da vida, não se alimenta com que o dinheiro pode comprar, para ele não passa de coisas rasas e pobres, porém é sensível ao toque, palavras doces são músicas aos ouvidos, ações firmes e sinceras são recebidas com prazer.  

(Joaquim Queiroz)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

Como um arco íris

Difícil ser resiliente