Coisas de quem ama (3)



Estou triste porque meu amor já não entende dos meus conselhos e razões.
Diante dela se acaba meus argumentos e metodologia.
Por mais que me diga que não, me sinto inútil.
Quantas vezes tenho tentado enterrar isso em minha memória; 
Porém cada vez mais se repete a história.
Anseio pela resposta, mas não chega. 
Espero pela opinião ou sugestão, mas meu pedido é em vão.
Fico resoluto, o que esperar de onde nada não vem?
(Joaquim Queiroz)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

Como um arco íris

Difícil ser resiliente