Acidente de trânsito - depoimento


Fui a uma festa, e me lembrei do que você me disse.
Você me pediu que eu não tomasse álcool, mãe...
Então, ao invés disso, tomei uma 'Sprite'.
Senti orgulho de mim mesma, e do modo como você disse que eu
me sentiria e que não deveria beber e dirigir.
Ao contrário do que alguns amigos me disseram, fiz uma
escolha saudável, e teu conselho foi correto.
E quando a festa finalmente acabou, e o pessoal começou a dirigir sem condições....
Fui para o meu carro, na certeza de que iria para casa em paz ...
Eu nunca poderia imaginar o que estava me aguardando, mãe...
Algo que eu não poderia esperar ...
Agora estou jogada na rua, e ouvi o policial dizer:
O rapaz que causou este acidente estava bêbado'...
Mãe; sua voz parecia tão distante...
Meu sangue está escorrido por todos os lados e eu estou
tentando com todas as minhas forças, não chorar...
Posso ouvir os para-médicos dizerem: 'A garota vai morrer' .
Tenho certeza de que o garoto não tinha a menor idéia,
enquanto ele estava a toda velocidade, afinal, ele decidiu beber e
dirigir, e agora tenho que morrer..
Então por que as pessoas fazem isso, mãe?
Sabendo que isto vai arruinar vidas ?
E agora a dor está me cortando como uma centena de facas afiadas....
Diga a minha irmã para não ficar assustada, mãe!
Diga ao papai que ele seja forte. E quando eu for para o céu,
escreva 'Garotinha do Papai' na minha sepultura.
Alguém deveria ter dito aquele garoto que é errado beber e dirigir.
Talvez, se seus pais tivessem dito, eu ainda estaria com possibilidades de continuar viva.
Minha respiração está ficando mais fraca,
mãe, e estou realmente ficando com medo...
Estes são meus momentos finais e me sinto tão despreparada ...!
Eu gostaria que você pudesse me abraçar, mãe...
Enquanto estou estirada aqui, morrendo, eu gostaria de poder dizer que te amo, mãe...!
Então.... Te amo e adeus...! '
Essas palavras foram escritas por um repórter que presenciou o acidente.
A jovem, enquanto agonizava, ia dizendo as palavras e o repórter, anotando...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

A ENTRADA DA IGREJA NOS CÉUS

Como um arco íris