Próximo de Deus

            O Senhor é... o meu cântico.
Salmos 118.14

Vamos pensar em Deus como se fora Ele nosso cântico. Esta é a plenitude e a perfeição do conheci­mento de Deus: conhecê-lo de modo que Ele mesmo seja nosso prazer; conhecê-lo de maneira que o louvor chegue à maior doçura, à plenitude, ao frescor e à ale­gria, quando lhe alçamos a voz. Quem já aprendeu esse bendito segredo, carrega a chave dourada do Céu - e mais: faz o Céu descer à terra, e já não precisa invejar os anjos.
Mark Guy Pearse

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

A ENTRADA DA IGREJA NOS CÉUS

Como um arco íris