Buscando sonhos


O que você busca? Você alimenta um "sonho de toda a vida?" Há alguma coisa "dominando sua vida" ao ponto de captar e manter sua atenção durante treze anos ou mais? Qual é a "jornada plena de aventuras" de que você gostaria de par­ticipar? Que descoberta você gostaria de realizar?... Que em­preendimento você imagina em segredo? Se não houver uma busca, a vida se reduz rapidamente a uma nódoa escura, man­cha descorada, ou dieta monótona demais para arrancar a pes­soa da cama, de manhã. A busca alimenta nosso fogo. Impede que fiquemos boiando torrente abaixo, apanhando escombros. Mantém nossa mente engrenada, incita-nos a prosseguir. To­dos nós estamos rodeados pelos resultados da busca encetada por alguém, os quais nos trouxeram benefícios. Permita-me mencionar alguns nomes:
*  Sobre minha cabeça há uma brilhante lâmpada elétrica. Obri­gado, Édison
*  Sobre meu nariz tenho um par de óculos que me permite enxergar bem. Obrigado, Franklin.
*  Em minha garagem há um carro pronto para conduzir-me a qualquer lugar para onde eu o dirigir. Obrigado, Ford.
*  Pelas prateleiras de minha biblioteca espalham-se livros cheios de coisas interessantes, de pesquisas cuidadosamente conduzidas. Obrigado, autores.
*  Idéias, memórias, pensamentos estimulantes, habilidades criativas e perícias relampejam através de minha mente. Obrigado, Professores.
*   Bem dentro de mim há traços de personalidades, convicções fortes, uma certeza sobre o que é certo e o que é errado, o amor de Deus, uma bússola ética, um compromisso perpétuo para com minha esposa e família. Obrigado, pais.
*   Bem embrulhados nas dobras de minha vida estão a disciplina e a determinação, a recusa terminante de desistir quando a situação se torna difícil, um amor pela liberdade existente em nosso país, um respeito pela autoridade. Obrigado, fuzileiros navais.
*  Chegam a meus ouvidos, durante o dia todo, trechos de mú­sica linda, dos quais cada pedacinho representa um misto diferente de melodia e ritmo... harmonia que permanece. Obrigado, compositores.
*  Em casa, há um ambiente pacífico, cheio de magnetismo, ambientação agradável aos olhos, papéis de parede de cores atraentes, móveis de bom gosto, confortáveis, abraços afe­tivos, um abrigo em tempos tempestuosos. Obrigado, minha esposa.
Eu poderia prosseguir nesta lista, até a página seguinte. Você também. Só porque algumas pessoas dedicaram-se a sonhar, a perseguir seus sonhos, a acompanhá-los e completar sua busca, nossas vidas tornaram-se mais confortáveis, mais estáveis. Isto é suficiente para incentivar-me a prosseguir, se não servir para mais nada.
E você? Sonha escrever um artigo, ou um livro? Escreva-o!
Você está tentando descobrir se todo esse trabalho no trato das crianças vale a pena? Claro que vale a pena! Continue!
Gostaria de voltar para a universidade e concluir aquele curso? Volte a estudar!... pague o preço, ainda que isso leve anos!
Você se bem no meio da redecoração e já está cansada de toda essa confusão? Prossiga!
Você está tentando dominar um ofício, e o exige tempo, paciência e energia (para não mencionar dinheiro)? Vá em frente!
(Charles Swindoll)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

A ENTRADA DA IGREJA NOS CÉUS

Como um arco íris