CARNAVAL FESTA SEM DEUS


O Brasil se prepara para enfrentar dias barulhentos e festeiros, vivenciar a festa denominada de Carnaval, dias de diversão, folias e folguedos, a imprensa propaganda a festa, negócios movimentam cidades e milhões e milhões de reais circulam pelo país durante os dias de Festa, o Governo investe com patrocínios, propagandas sobre as DST entre “parceiros” e prevenção aos jovens.

O Carnaval origina na Grécia em 600 a 520 a.C, pegou trejeitos e laços na Itália e França, que no Brasil tomou estilos diferenciados, veio a princípio como entrudo, mas foi adquirindo caráter cada vez mais diversificado, recebeu influência significativa da África, dos mais de 15 milhões de africanos trazidos como escravos. Hoje cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Recife e Olinda recebem milhares de turistas para participarem do Carnaval.

O Carnaval repassa a idéia de festa da liberdade, sem pudores, de que tudo é possível, o país praticamente chega a parar nestes dias, alguns até afirmam que as coisas só andam no Brasil depois do Carnaval, quando analiso toda a história do Carnaval e levo ao contexto espiritual, vejo a distância que o homem toma de Deus, pois o temor ao Senhor é o princípio da sabedoria (Pv 1.7), e vejo que as práticas, músicas e folias neste período evidenciam a sensualidade, erotismo, orgias, libertinagem e a total falta de moral na sociedade.
Encontro defensores árduos do Carnaval, respeito, entretanto a Bíblia Sagrada que diz claramente “que o deus deste século cegou o entendimento” ( II Cor 4.4), e que as obras da carne se manifestam e a carne cobiça contra o Espírito ( Gl 5.17-19), os dias de folia são dias de louvor a carne, a própria palavra Carnaval na origem latina significa “Carna vale” , expressão que significa supressão a carne, devido ao início da Quaresma, mas é o inverso que acontece, os romanos que popularizam o Carnaval invadiam as ruas para festejarem e se “alegrarem” em seus bacanais, orgias e festas pelas cidades. Mas surge a pergunta: Onde está Deus no Carnaval? Ainda que alguns “cristãos” se organizem e realizem até o chamado Carnaval de Cristo ou CristoFolia, não encontramos nenhum apoio ou base bíblica para este evento, como já afirmei as práticas evidenciadas durante o Carnaval levam o homem a estar distante de Deus, pois são as vossas iniqüidades que fazem divisão entre vós e o vosso Deus(Is 59.2). 

Devemos buscar a presença de Deus enquanto se puder achar e invocar o seu nome enquanto o está perto (Is 55.6), o pecado afasta o homem de Deus, a palavra pecado significa errar o alvo “harmatia”, o pecado é um desvio de Deus, e onde sua presença não está, a verdadeira alegria também não está, o que vemos no Carnaval como conseqüências são drogas, mortes, violência, assaltos, tragédias familiares e outras tantas ocorrências negativas como saldo do Carnaval.

Fica a reflexão: Deus está no Carnaval? Acredito que não, pois sua presença é santa!


Por Lucas Queiroz e Silva

Comentários

  1. Carnaval festa sem Deus;detesto o carnaval só acontece tragedia os indíces de DST sempre aumentam;muito bem elaborado esse texto!amei ótimo para reflexão!

    ResponderExcluir
  2. Graça e Paz amados! Eu creio também na verdadeira felicidade que vem na presença de DEUS em nossas vidas, como dito no post, o pecado afasta o homem de Deus, portanto, oro pra que muito possam abrir seus olhos espirituais, e ver que só vale apena estarmos onde há a presença do Espírito Santo de Deus. Parabéns pelo blog, q Deus vos abençoe!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

A ENTRADA DA IGREJA NOS CÉUS

Como um arco íris