Missão



Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio.
João 20.21
Nunca deveríamos deixar nosso quarto antes de ver a face de nosso querido Mestre, e perceber que estamos sendo enviados por Ele a fazer sua vontade e completar a obra que Ele nos confiou. AquEle que disse a seus seguidores imediatos: "Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio", diz o mesmo a cada um de nós, assim como o amanhecer nos convida a viver outro dia. Deveríamos perceber que somos enviados por Ele como os anjos que cumprem "as suas ordens, obedecendo à voz da sua palavra". Existe algum plano para o trabalho de cada dia, e Ele no-lo desvendará, bastando que o busquemos. Uma missão a cumprir, algum serviço a prestar, alguma lição a aprender com paciência, a fim de que possamos estar aptos a "tam­bém alcançar outros". Quanto aos nossos planos, não precisamos ficar ansiosos, porque aquEle que nos envia é responsável por montar o plano de acordo com sua infinita sabedoria, revelando-o a nós, por mais que nos­sa mente seja lenta e ignorante. Quanto à nossa sufici­ência, temos a certeza de que possuímos toda a graça necessária, porque Ele nunca nos envia sem antes nos sussurrar: "Recebei o Espírito Santo". Sempre há uma capacitação especial para um poder especial.
F. B. Meyer

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

A ENTRADA DA IGREJA NOS CÉUS

Como um arco íris