SAUDADE


Em primeiro lugar, fique claro, saudade não é palavra que só existe em português. Também está presente na lingua galega, falada no norte da Espanha.  Saudade apareceu pela primeira vez no século 13, pouco depois da criação do estado português, e é um derivado da palavra latina solitate, solidão. Para alguns etimologistas, está ligada ás grandes navegações e é mais adequada para designar o sentimento de quem espera,  em vez do de quem partiu. O professor de letras Deonísio da Silva afirma que algumas palavras árabes, como suad, saudá e suaidá, que significam “sangue pisado e preto dentro do coração” e são metáforas para a tristeza profunda, devem ter contribuído para o sentido da palavra. “Pode ter havido a mistura de várias procedências para consolidar o vocábulo, além da mescla do verbo saudar”, registra Silva em seu De Onde Vem as Palavras.  A definição não é simples. O Dicionário Houaiss registra saudade como o” sentimento mais ou menos melancólico de incompletude”. Uma enquete com mil tradutores feita pela empresa britânica Today Translation colocou saudade entre as 10 palavras nais difícieis de traduzir em todo o mundo.

(Desconheço o Autor)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

A ENTRADA DA IGREJA NOS CÉUS

Como um arco íris