Profecia


O apóstolo Pedro adverte os crentes a darem ouvidos à Palavra Profética e enfatiza que esta é absolutamente confiável. Ele faz uma afirmação importante em 2 Pedro 1.20: "Sabendo, primeiramente, isto: que nenhuma profecia da Escritura provém de particular elucidação." A Palavra Profética foi dada à Igreja de Cristo, o corpo completo dos que crêem.
Ela não é, entretanto, deixada à interpretação individual e isolada. Quando um indivíduo crê que descobriu uma verdade especial nas Escrituras, ele deveria comparar cuidadosamente a sua crença com a de outros homens de Deus e observar como eles interpretam o mesmo texto bíblico. Por exemplo, é o Espírito da profecia que enfatiza nestes últimos tempos, para muitos servos de Deus, que a época dos gentios está chegando ao fim. A Igreja toma conhecimento disso coletivamente, em todo o mundo. Não se trata de uma revelação especial dada somente a uma certa pessoa.
O apóstolo Pedro que, conforme já dissemos, rejeitava a interpretação isolada das Escrituras, enfatizou que a Palavra da profecia é inspirada por Deus, o Espírito Santo. Ela não procede de homens: "Porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens [santos] falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo" (2 Pedro 1.21).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

Como um arco íris

Difícil ser resiliente