Realidade Social

"Em nenhum outro país os ricos demonstraram mais ostentação que no Brasil. Apesar disso, os brasileiros ricos são pobres. São pobres porque compram sofisticados automóveis importados, com todos os exagerados equipamentos da modernidade, mas ficam horas engarrafadas ao lado dos ônibus de subúrbio." Tomo parte dessa frase de Cristovão Buarque, senador pelo Distrito Federal, para enfatizar que a maioria das pessoas não só em nosso país, mas em todo mundo compram muitas vezes coisas fúteis não por gostarem, mas para mostrar ao seu vizinho a sua superioridade, esquecemos os problemas coletivos, banalizamos os problemas sócias, em fim esquecemos do nosso próximo. Vivemos pelo luxo, e para ele, sem  nos dar conta que isso não tem importância, muitas vezes. Lembro-me de uma frase de uma cantador de viola, “o cachorro da madame vive melhor que um pobre” por certo parece exagero, mas vamos pensar um pouco, muitos cachorros tem, assistência médica 24 horas, tem festinhas com convidados, come do bom e do melhor, vai à salões de beleza  caros. Os ricos compram Rolex relógios de até 30 mil reais, comem comidas sofisticadas, muitas vezes com o valor superior a 1000 reais, em fim, justificam todo esse luxo com seus discursos inflamados, onde dizem que isso é normal, e que ninguém muda o nosso mundo, mas eu não me conformo, o povo é uno e não meras partículas. Terra pra quem quer terra, trabalho pra quem quer trabalho, educação para quem precisa de educação, dignidade para todos!!




Por: Lúcio C. Vieira

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

A ENTRADA DA IGREJA NOS CÉUS

Como um arco íris