Seitas do Judaísmo no tempo de Cristo

       
    1- Os Fariseus
  • Seita de maior influência.
  • Eram os Separatistas ou Puritanos do Judaísmo.
  • Procuravam prestar completa obediência a todos os preceitos da lei oral ou escrita.
  • Sua teologia fundamentava-se no Cânon completo do A.T. - Lei de Moisés ou Torah, os Profetas e as Escrituras.
  • Usavam método alegórico para interpretação- para disporem de elasticidade na aplicação.
  • Criam na existência de anjos e de espíritos, na imortalidade da alma, e na ressurreição do corpo.
  • Praticavam orações e jejuns e entregavam os dízimos meticulosamente.
Existiam 07 tipos de Fariseus:
1-      O Fariseu "ombro"- Fazia ostentação das suas boas obras diante dos homens com uma insígnia no ombro.
2-      O Fariseu "espere um pouco"- Pedia a qualquer pessoa que esperasse por ele enquanto realizava uma boa ação.
3-      O Fariseu "cego"- se feria a si próprio de encontro a uma parede, porque fechava os olhos para evitar ver uma mulher.
4-      O Fariseu "pilão"- Andava com a cabeça pendente para não ver tentações sedutoras.
5-      O fariseu "eterno- contador"- Andava sempre a contar se as suas boas ações se equiparavam às suas faltas.
6-      O Fariseu "temente a Deus"- Como Jó, era verdadeiramente justo.
7-      O Fariseu "amante de Deus"- Como Abraão.

2- Os Saduceus
  • Tinham poder político.
  • Era o grupo dominante na direção da vida civil do Judaísmo.
  • Seguiam estritamente a interpretação literal da Torah.
  • Declaravam que os profetas tinham menos autoridade que a lei.
  • Eram racionalistas e anti-supernatural, por isso não criam na existência de anjos e espíritos.
  • Não acreditavam na imortalidade pessoal.
  • Sua religião era friamente ética e literal.
3-      Os Essênios.
  • Abstinham-se do casamento.
  • Todos trabalhavam para seu sustento por meio de trabalho manual.
  • Vestiam-se habitualmente de branco.
  • Eram sábios e restritos em conduta- não davam lugar `a ira e não faziam juramentos.
  • Eram rigorosos qto ao Sábado.
  • Davam atenção à pureza individual. Qualquer desvio da sua era punido com a expulsão.
  • A teologia era semelhante a dos Fariseus.
  • Ensinavam sobre a alma imortal e o descanso ou tormento na morte. Na morte o bom passa para uma região de sol brilhante e frescas brisas, enquanto o réprobos são relegados para um lugar escuro e tempestuoso de tormento contínuo.

4-      Os Escribas

  • Eram copistas da lei. Eram profissionais.
  • Sua função era o ensino.
  • Aparecem associados aos Fariseus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

Como um arco íris

Difícil ser resiliente