Deus nos ensina


Onze jornadas há desde Horebe,
caminho da montanha de Seir,
até Cades-Barnéia.
(Deuteronômio 1.2)

Onze dias, e ainda assim levou quarenta anos! Como? Ai de nós! Não precisamos viajar muito para encontrar a resposta. E tudo por demais parecido conosco. Como somos lentos para atravessar a terra! Quantos rodeios e quantas curvas! Quantas vezes pre­cisamos voltar para trás e viajar novamente pelo mes­mo chão! Viajamos devagar porque aprendemos de­vagar. Nosso Deus é um Professor fiel e sábio, bon­doso e paciente. Ele não nos permitirá passar apres­sadamente pelas lições. Às vezes pensamos que aprendemos a lição, e tentamos passar para outra, mas nosso sábio professor vê melhor e percebe a necessidade de um trabalho mais profundo. Ele não quer que sejamos apenas teóricos, superficiais: Ele nos manterá, se necessário, anos a fio em nossos solfejos, até aprendermos a cantar.
(C. H. Mackintosh)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUILOMBOS E REVOLTAS ESCRAVAS NO BRASIL

Como um arco íris

Difícil ser resiliente